HOME » , , , , » Noites Eróticas dos Mortos Vivos

Noites Eróticas dos Mortos Vivos

Cenas de sexo em filmes de Horror fazem sentido? Ou ainda, cenas de Horror em um filme de sexo são apreciáveis? As opiniões, seguramente, se dividem. Entretanto, há um diretor que possui a essência dessa combinação explosiva, ele se chama Joe D´Amato!

  Joe D'Amato foi um prolífico cineasta italiano que dirigiu cerca de 200 filmes, na maioria das vezes, atuando como produtor e diretor de fotografia, e por vezes escrevendo o roteiro. Embora tenha realizado filmes de vários gêneros, a maior parte de suas produções explora o sexo, tanto o Hardcore (sexo explicito) quanto o Softcore (Sexo simulado).

D`Amato é também conhecido por realizar vários filmes de Horror de baixo orçamento e, ao misturar horror e sexo, alguns de seus filmes se tornaram clássicos "Cult" como "Antropophagus", "Buio Omega", "Imagens de um Convento", "Porno Holocaust" e "Erotic Nights of the Living Dead", recebendo com isso o epíteto de "Ed Wood maldito". Sob o sol do caribe, Joe D`Amato teve a sua época mais inspiradora, tal período foi chamado de "período exótico-erótico" do diretor, ao qual uma série de filmes foram rodados em Santo Domingo. Diante da bela paisagem, filmou simultaneamente, “Porno Holocaust” e “ Erotic Nights of the Living Dead.

No filme em questão, D´Amato conta mais uma vez com seu fiel escudeiro, George Eastman, o grandalhão do clássico "Antropophagus" e "Porno Holocaust". Assim como em muitas de suas parcerias com D´Amato, George Eastman foi o responsável pelo roteiro do filme. A cena de abertura nos mostra um manicômio, e logo em seguida, a primeira cena de sexo do filme, protagonizada por dois pacientes. Mas até aí, nada demais, apenas uma cena soft-core, o que estaria por vir seria demasiadamente mais picante. Através de um flashback, descobrimos que os dois pacientes, Larry (George Eastman) e Fiona (Dirce Funari), tem suas vidas ligadas através de um acontecimento passado. John Wilson é um milionário disposto a pagar qualquer preço para comprar uma ilha exótica no pacifico, com a intenção de construir um grande Resort. O problema é que a "Cat Island" carrega consigo uma antiga lenda da qual um gato toma conta da ilha e possui o poder de invocar os mortos para atacar possíveis forasteiros. É claro que o magnata não deu ouvidos para a superstição popular e imediatamente contratou Larry, o melhor marinheiro da região, para uma viagem de inspeção à Ilha. Mas antes de partir para essa empreitada, o inescrupuloso milionário precisava de um pouco de diversão e contratou duas prostitutas para uma festinha no Hotel. É nesse instante que a cena mais picante do filme nos é apresentada. Logo após o "Ménage a trois", John convida as duas garotas a irem com ele á "Cat Island", assustando-as de imediato, ao ponto das duas moças saírem correndo sem ao menos cobrar pelo "serviço". O milionário , então, decide investir em sua vizinha de quarto, a bela e ambiciosa Fiona, que aceita viajar para a mística Ilha. Assim, desenrolando-se em algumas cenas gratuitas de sexo, o filme segue com uma premissa muito interessante. As coisas começam a ficar sinistras quando Larry tem a sua transa interrompida por um zumbi pútrido e golpeia-o com um gancho. O morto é levado ao hospital e dá bastante trabalho ao legista. Larry, John e Fiona finalmente chegam à Ilha e numa caminhada para inspeção do território, encontram um antigo cemitério. Lá se deparam com a visão fantasmagórica de uma bela morena (Laura Gemser, da série Emanuelle) e um homem velho, que alertam os forasteiros sobre os perigos da Ilha. A partir daí, cenas de sexo intercaladas com cenas horroríficas escatológicas de zumbis saindo da tumba são uma constante no filme e , desta forma, você tem o "privilégio" de assistir um filme de Horror e um pornô, ao mesmo tempo, sem precisar trocar o DVD. Entretanto, o filme não se resume apenas a sexo e canibalismo, há uma mensagem crítica que se refere à exploração imperialista de ilhas exóticas e massacre de culturas em prol do capitalismo selvagem. Deixando de lado as divergências de opiniões e polêmicas a respeito da união entre pornô e Horror, não há como negar a originalidade, audácia e pioneirismo de Joe D`Amato ao unir dois gêneros tão controversos. Erotic Nights of the Living Dead está disponível na Lista de Filmes Hell Business em sua versão estendida, SEM CORTES! Recomendo incondicionalmente.

Título Original: Le notti erotiche dei morti viventi aka Erotic Nights of the Living Dead (1980)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

Gostou? #Compartilhe:

3 comentários:

  1. Muito bom esse filme. Adorei.

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanderlei, fico feliz que tenha gostado do filme. Obrigado pelo comentário e pela visita.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Os comentários são muito bem vindos para o Hell Business, por isso caso tenha algo a acrescentar ao artigo ou apenas quer expressar sua opinião, não deixe de comentar.

 
Copyright © 2008 - 2017 Hell Business - O Reduto dos Monstros