sábado, 17 de abril de 2010

O Enterro Prematuro

Ray Milland interpreta um homem cataléptico que tem medo de ser enterrado vivo, como aconteceu com seu pai. O pesadelo se torna realidade e ele resolve se vingar daqueles que o enterraram prematuramente. 

Terceiro filme do ciclo realizado por Corman com base em Edgar Allan Poe. Roger Corman dirigiu “O Enterro Prematuro”, adaptação do conto “Premature Burial”. O roteiro ficou a cargo de Charles Beaumont (que no futuro seria responsável por diversos episódios do “Além da Imaginação” e pelo texto adaptado de “As 7 Faces do Dr. Lao”).

A ausência de Price é compensada, em partes, pelo bom desempenho do ator Ray Milland, que curiosamente dirigiria o delicioso clássico Sci-fi “Pânico no Ano Zero!” (Panic in Year zero!), neste mesmo ano. “O Enterro Prematuro” foi eficiente o suficiente para manter a qualidade técnica das outras adaptações de Corman.

Título Original: Premature Burial (1962)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

Um comentário:

  1. Genial!!!!
    Uma das mais célebres adaptacões de allan poe para o cinema. Embora existam algumas diferenças entre o conto e o enredo do filme , ele consegue manter-se fiel à estratégia e ao método de poe , ao colocar uma mente completamente louca em um ambiente normal e criar uma atmosfera patológica. Uma verdadeira viagem pela mente e pela loucura humana. O final surpreendente faz justiça ao clima de suspense e desespero que ronda a história. O único defeito é a ausência de Vincent Price.

    ResponderExcluir

Os comentários são muito bem vindos para o Hell Business, por isso caso tenha algo a acrescentar ao artigo ou apenas quer expressar sua opinião, não deixe de comentar. Você pode comentar de 3 maneiras:
1- Com sua conta no Blogger.
2- Com uma conta no Disqus (Twitter, Google etc).
3- Com sua conta no Facebook.
Para isso basta clicar nos botões acima das respectivas redes sociais.

O Reduto Dos Monstros

Importante: Os filmes disponíveis em minha lista não possuem lançamento no Brasil ou são filmes que caíram em domínio público ou tiveram o direito autoral expirado. Desta maneira o processo se torna legal e sem a alcunha de pirataria. É um processo similar ao que ocorre com livros, músicas e outras obras autorais. A depender da lei de cada país, após um determinado período de tempo (décadas), o copyright do filme expira e ele pode ser compartilhado e exibido em público sem o pagamento de direitos autorais.




Curta no Facebook

Horror Movie Fans