Um assassino canibal que aterroriza turistas; uma ilha repleta de mortos vivos; uma expedição perigosa que resultará em estripação, magia negra, sexo hardcore e muito gore: Todo o inferno se liberta no universo sombrio e macabro de Joe D'Amato.

Joe D'Amato, pseudônimo de Aristide Massaccesi, é um profícuo cineasta italiano conhecido por suas imersões no universo do Horror e do gótico. D'Amato é o típico cineasta cinéfilo, um realizador que não teve medo de trabalhar com o gênero cinematográfico, tendo realizado filmes de guerra, western, ação, épicos, históricos, aventura, pornô e horror. Entre os cargos de produtor, roteirista, operador de câmera, diretor de fotografia e diretor, D'Amato participou de mais de 200 filmes. Ele é o artista com mais pseudônimos da história, e os usava para que não fosse estigmatizado, e também porque pseudônimos em inglês ajudavam na comercialização de seus filmes nos Estados Unidos. O cineasta já trabalhou com grandes nomes do cinema italiano como Mario Bava, Umberto Lenzi, Bruno Mattei, Fabrizio Laurenti e até com o famoso ator pornô Rocco Siffredi.



No Horror, D'Amato ficou famoso pelas produções extremamente violentas, polêmicas e associadas ao cinema de exploração. A hibridação de gêneros cinematográficos é uma característica do cinema do polêmico diretor italiano, que fazia as categorias dialogarem, sendo um dos pioneiros a unir horror e pornô hardcore. O diretor italiano é considerado um Sadeano, isto é, um realizador que trabalha com temas caros ao famigerado Marquês de Sade. Filmes como Buio Omega (1979), Antropophagus (1980),
Rosso Sangue (1981), Zombie Holocaust (1980), Erotic Nights of the Living Dead (1980), Emanuelle and the Last Cannibals (1977), Images In A Convent (1979) e Porno Holocaust (1981) se tornaram grandes clássicos do cinema maldito. Recomendo incondicionalmente.

Um inescrupuloso produtor de cinema leva sua equipe para gravar um filme em uma remota e misteriosa ilha, e lá o grupo se depara com um sombrio e gigantesco gorila e outras criaturas pré-históricas tidas como extintas. Após capturar o gorila, o produtor leva-o para Nova York a fim de explorá-lo economicamente como atração extraordinária. Mas, quando a criatura escapa dos grilhões, instaura um verdadeiro horror na cidade.

King Kong (King Kong) é um filme de Aventura e Horror, originalmente lançado em 1933, dirigido por Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack, com efeitos visuais realizados pelo mestre Willis H. O’Brien. No elenco estão Fay Wray, Robert Armstrong e Bruce Cabot.

Esta fantástica e inebriante aventura com muito Suspense e Horror é a primeira obra da história do cinema a explorar surpreendentes efeitos visuais e a criar um verdadeiro espetáculo cinematográfico por meio das imagens. O responsável por inaugurar no cinema a fantástica era da fábrica de sonhos (e pesadelos) por meio de efeitos visuais em stop motion foi Willis H. O’Brien, um pioneiro da técnica, já empregada de maneira primorosa em O Mundo Perdido (1925). A técnica em stop motion é altamente dispendiosa e requer um talento excepcional, o que torna a obra ainda mais instigante, sobretudo se levarmos em conta que fora produzida a mais de oitenta anos. Por meio da técnica, O’Brien constrói com as imagens cinematográficas um verdadeiro “sonho horrível”.

O’Brien é o pai dos efeitos visuais no cinema e inspirou o grande Ray Harryhausen, que o via como mestre, a revolucionar o cinema de ficção científica nas décadas de 1950 e 1960. O stop motion que O’Brien realizou para King Kong se tornou lendário e foi tão surpreendente para a época que algumas pessoas chegaram a levantar a teoria de que não havia stop motion nas gravações, e sim um ator vestido de macaco. A cena de Kong escalando o Empire State Building é uma das mais importantes da história do cinema e se tornou clássica. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: King Kong (1933)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português -
Dolby Digital 5.1
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Fullscreen


O grande escritor de histórias de Horror H.P. Lovecraft fica sabendo que o Necronomicon, um lendário livro de magia negra, está sob a guarda de uma ordem secreta de monges em uma antiga e obscura biblioteca. Após finalmente ter acesso ao livro, Lovecraft toma contato com histórias extremamente assustadoras.

Necronomicon - O Livro dos Mortos (Necronomicon: Book of Dead) é um filme franco-americano de Horror, originalmente lançado em 1993, dirigido por Christophe Gans e Shûsuke Kaneko, e estrelado por Jeffrey Combs, Tony Azito e Juan Fernández.

Mais uma contagiante antologia cinematográfica inspirada em contos fantásticos de H.P. Lovecraft. Tom Savini orientou os profissionais que criaram os incríveis efeitos visuais do filme que, somados a uma atmosfera inebriante, nos transporta para o universo sombrio do maior escritor de Horror do século XX. Recomendo incondicionalmente.






Título Original: Necronomicon: Book of Dead (1993)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

Em um período remoto da história, homem é expulso de seu povo e vaga por caminhos sombrios e perigosos da Terra, até ser acolhido por um povo que vive em cavernas litorâneas. Após aprender técnicas de guerra com a tribo que lhe acolheu, o homem resolve retornar ao seu povo para se vingar do tirano que governa a tribo.

Mil Séculos Antes de Cristo (One Million Years B.C), também conhecido como Quando o Mundo Nasceu, é um filme britânico de Aventura e Fantasia, originalmente lançado em 1966, produzido pela lendária Hammer Films, dirigido por Don Chaffey e estrelado por Raquel Welch, John Richardson e Percy Herbert.

Esta preciosidade do cinema é mais uma obra oriunda da fábrica de sonhos de Ray Harryhausen, um mestre na arte de animar monstros assombrosos e fantásticos no cinema por meio da técnica de Stop Motion. Trata-se de uma refilmagem de um filme estadunidense de 1940 intitulado One Million B.C. O baixo custo do filme não impediu a criação de efeitos visuais surpreendentes, capazes de transportar o espectador para um mundo onírico e fantástico. Recomendo incondicionalmente.





Título Original: One Million Years B.C (1966)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:

Dublado em Português - Estéreo
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Um explorador britânico se perde nos confins da Antártida, o que faz com que uma expedição seja imediatamente enviada à região. Em meio às buscas, os militares encontram uma povo pré-histórico constituído por guerreiros selvagens e criaturas sinistras.

O Povo que o Tempo Esqueceu (The People That Time Forgot), também conhecido como Criaturas que o Tempo Esqueceu e O Mundo que o Tempo Esqueceu, é um filme britânico de Horror e Ficção Científica, produzido pela lendária Amicus, originalmente lançado em 1977, dirigido por Kevin Connor e estrelado por Patrick Wayne, Doug McClure  e Sarah Douglas.

Mais um grande filme que explora o universo fantástico e que nos remete ao período áureo da televisão aberta, em que filmes independentes de Fantasia, Horror e Ficção Científica desfilavam nas telas de sessões noturnas. O Povo que o Tempo Esqueceu é a sequência de A Terra que o Tempo Esqueceu (1975), também produzido pela Amicus. Naquele período, a Amicus rivalizava com a Hammer Films e quem se dava bem com esta disputa eram os fãs do cinema de Horror e Fantasia, pois foram realizados clássicos do gênero por ambas produtoras. Recomendo incondicionalmente.



Título Original: The People That Time Forgot (1977)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Um teste de bomba atômica no ártico faz com que um dinossauro congelado há milhares de anos nas profundezas do oceano retorne à vida para aterrorizar a cidade de Nova York, enquanto um cientista desacreditado tenta encontrar um meio de conter a criatura.

O Monstro do Mar (The Beast from 20,000 Fathoms) é um filme estadunidense de Horror e Ficção Científica, originalmente lançado em 1953, dirigido por Eugène Lourié e estrelado por Paul Hubschmid, Paula Raymond e Cecil Kellaway.

A partir do Pós-Segunda Guerra mundial foram produzidos uma avalanche de filmes de Ficção Científica com temas apocalípticos e que lançavam um olhar de suspeita sobre as descobertas tecnológicas da modernidade. As paranoias da Guerra Fria refletiam nos filmes de gênero Hollywoodianos e o tema da bomba atômica foi um dos mais explorados.

O primeiro filme a trabalhar com a ideia de uma criatura ser despertada por elementos atômicos foi O Monstro do Mar, uma das mais importantes obras de Ray Harryhausen, o mestre da técnica stop-motion. Produzido com baixo orçamento e contando apenas com o talento de Harryhausen, o filme foi um sucesso de bilheteria e hoje é considerado um dos melhores filmes de ficção científica já feitos. As incríveis cenas do monstro invadindo Nova York é certamente uma das mais belas sequências do cinema de ficção científica e se tornaram memoráveis. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: The Beast from 20,000 Fathoms (1953)
Cor: P & B
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português - Estéreo
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

Um inspetor de polícia investiga misteriosos assassinatos em série nos quais as vítimas são ceifadas de maneira assustadora. Após reunir pistas e interpretar os fatos, o inspetor descobre que as vítimas possuem em comum o hábito de frequentar uma casa de massagem, local que pode revelar a identidade do assassino.

O Ventre Negro da Tarântula (La tarantola dal ventre Nero) é um filme italiano de Horror, do subgênero Giallo, originalmente lançado em 1971, dirigido por Paolo Cavara e estrelado por Giancarlo Giannini, Claudine Auger e Barbara Bouchet.

Considerado por alguns críticos como o melhor Giallo já feito, esta contagiante preciosidade do cinema de Horror italiano apareceu na esteira do estrondoso sucesso do clássico O Pássaro das Plumas de Cristal, dirigido pelo mestre Dario Argento, e com o passar dos anos se tornou um dos maiores representantes de um gênero que iria influenciar boa parte da produção de cinema de Horror nas décadas de 1970 e 1980. O filme é um deleite aos fãs dos filmes que trabalham com a premissa de “um assassino misterioso à solta”, e conta com a maravilhosa e assustadora trilha sonora do grande Ennio Morricone. Apague a luz, aperte o play e embarque nesta horripilante experiência cinemática do Horror europeu dos anos 1970. Recomendo incondicionalmente.



Título Original: La tarantola dal ventre nero aka Black Belly of the Tarantula (1971)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Italiano - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Jovem italiana vai para Alemanha estudar dança em uma escola renomada de Berlim, mas assim que chega ao local fica sabendo que a instituição é palco de misteriosos assassinatos. Ao fazer uma investigação sobre os estranhos acontecimentos, a moça descobre que a escola é na verdade um templo de práticas obscuras de bruxaria.

Suspiria (Suspiria) é um filme italiano de Horror, originalmente lançado em 1977, dirigido por Dario Argento e estrelado por Jessica Harper, Stefania Casini, Flavio Bucci.

Considerado por muitos como o filme de Horror mais belo de todos os tempos, Suspiria é certamente uma obra prima de impacto visual surpreendente que, em estilo operístico, consegue ser impressionista, expressionista, surrealista e barroco. Para alguns analistas, trata-se de um conto de fadas mal assombrado, para outros, a materialização, por meio do cinema, de um terrível pesadelo.

A fotografia, de estilo visual único e um colorido altamente dramático, foi inspirada nas cores vivas do clássico Branca de Neve e os Sete Anões (1937). O lendário diretor italiano Dario Argento conseguiu unir Horror e beleza, fazendo o filme se tornar uma experiência visual e sonora perturbadora, tendo como resultado um dos filmes mais belos e assustadores de todos os tempos.

A trilha sonora de Suspiria, considerada a melhor trilha de um filme de Horror já feita, cria uma atmosfera inebriante e macabra, e foi composta pelo próprio Dario Argento em parceria com a banda de Rock progressivo Goblin. Suspiria foi o primeiro filme da assustadora Trilogia "Três Mães", seguida por A Mansão do Inferno (1980) e O Retorno da Maldição: A Mãe das Lágrimas (2007). Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Suspiria (1977)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português - Estéreo
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

A Lista de Filmes foi atualizada, para conferir clique no link abaixo:

 LISTA DE FILMES ATUALIZADA - 25 - 11 - 2018

 CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A LISTA DE FILMES

 OU PELO LINK:

 Lista de Filmes completa com todas informações no "formato" EXCEL que abre com o MICROSOFT OFFICE EXCEL:

 CLIQUE AQUI para realizar o Download da Lista

 DÚVIDAS OU PEDIDOS PELO E-MAIL: thehellbusiness@gmail.com


* TODOS COM LEGENDAS EM PORTUGUÊS E/OU DUBLADOS!
* DISPONÍVEL NA LISTA OS MAIORES CLÁSSICOS DO CINEMA!
* HORROR/ TRASH/ SUSPENSE/ SCI-FI/ EXPLOITATION/ CLÁSSICOS E MUITO MAIS!
* POSSO GARANTIR QUE AQUI ESTÃO OS MAIORES CLÁSSICOS DE TODOS OS TEMPOS E OS FILMES MAIS RAROS E EXCLUSIVOS!!

* Acompanhe as atualizações da lista através do Site:

   http://www.hellbusiness.com

* Curta a página do HELL BUSINESS no Facebook:
   CLIQUE AQUI para conferir a página do HELL BUSINESS no Facebook.

Abraço,
Hell Business.
Cientistas descobrem que no fundo do oceano há uma criatura enorme e sedenta por sangue. Após realizarem pesquisas com vistas a identificar a criatura, os cientistas descobrem que se trata de um polvo gigante e radioativo que está indo em direção à São Francisco para causar horror e destruição. Conseguirá a marinha deter o monstro?

O Monstro do Mar Revolto (It Came from Beneath the Sea) é um filme estadunidense de Horror e Ficção Científica, originalmente lançado em 1955, dirigido por Robert Gordon e estrelado por Kenneth Tobey, Faith Domergue e Donald Curtis.

Mais um clássico da ficção científica de baixíssimo orçamento a contar com o talento da lenda dos efeitos especiais Ray Harryhausen e seu universo fantástico em stop motion. Como o filme possuía um recurso muito reduzido, Harryhausen criou praticamente uma cidade em miniatura, tendo utilizado até brinquedos baratos para inserir na obra. O resultado do esforço de Harryhausen foi a produção de um dos grandes filmes de ficção científica da década de 1950 e também um dos mais conhecidos. Recomendo incondicionalmente.

 
Título Original: It Came from Beneath the Sea (1955)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português - Estéreo
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

Jovens recém-casados regressam da Suíça, onde passaram a lua de mel, e seguem viagem de trem com destino à Inglaterra, mas devido a um descarrilamento, são obrigados a passar a noite em uma pequena e isolada cidade. No hotel, ficam sabendo que a cidade está sendo assolada por um misterioso assassino que drena o sangue de suas vítimas. Quando o casal resolve seguir viagem, chega ao hotel uma misteriosa Condessa que os convence a passar mais alguns dias no vilarejo, o que os fará vivenciar o pior pesadelo de suas vidas.

Escravas do Desejo (Les lèvres rouges), também conhecido como Daughters of Darkness, é um filme franco-belga de Horror gótico, originalmente lançado em 1971, dirigido por Harry Kümel e estrelado por Delphine Seyrig, John Karlen e Danielle Ouimet.

O filme é bastante sofisticado em termos de estilo, o que nos faz lembrar os clássicos de Mario Bava e o genial trabalho com a cor, mas é também inovador em termos de conteúdo, uma vez que não se prende aos clichês do gênero, apresentando inúmeras quebras de expectativa. Delphine Seyrig, que vive o papel da Condessa Bathory, era uma das atrizes mais badaladas do cinema europeu da década de 1970, e aceitou participar do filme depois que seu marido, o grande cineasta Alain Resnais, insistiu para que ela aceitasse o convite do diretor Harry Kümel.  Como todo bom filme de Horror gótico, o filme joga com subtextos psicossexuais  em uma estética surreal e expressionista. O crítico Geoffrey O'Brien disse certa vez que se o cineasta Fassbinder tivesse realizado um filme de vampiros, seria parecido com Escravas do Desejo. Mais um grande clássico do Horror europeu. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Les lèvres rouges aka Daughters of Darkness (1971)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Inglês - Dolby Digital 1.0
Formatos de Tela: Widescreen


Sobreviventes de um naufrágio buscam refúgio em uma ilha desconhecida e lá encontram uma civilização perdida. Em expedição secreta, um misterioso milionário chega à ilha e, ao tomar contato com duas moças nativas de 60 centímetros de altura pertencentes àquela civilização, decide levá-las para o Japão para serem atração em apresentações musicais. Mas, o que ninguém sabe é que as moças são sacerdotisas de um monstro milenar que virá resgatá-las e deixará um rastro de destruição por onde passar.

Mothra - A Deusa Selvagem (Mosura) é um filme japonês de fantasia e ficção científica, originalmente lançado em 1961, dirigido por Ishirô Honda, com efeitos especiais de Eiji Tsuburaya e estrelado por Furankî Sakai, Hiroshi Koizumi e Kyôko Kagawa.

Mothra é um monstro muito famoso no Japão, ficando atrás apenas de Godzilla em termos de popularidade. Mothra - A Deusa Selvagem foi um dos primeiros sucessos do gênero que ficou conhecido como tokusatsu, filmes japoneses de ficção científica e fantasia com efeitos especiais surpreendentes. O gênero foi uma febre nos anos 1960 e 1970 no Japão, e no Brasil o sucesso se deu, principalmente, nos anos 1980 e 1990. Mothra foi produzido pelo lendário estúdio Toho, responsável por clássicos como Godzilla, Rodan e King Ghidorah. O filme
foi exibido nas tardes malditas da TV Band, na saudosa Sessão Cine Trash. Recomendo incondicionalmente.

Título Original: Mosura (1961)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português - Estéreo
Japonês -  Dolby Digital 2.0 
Formatos de Tela: Widescreen

 
Copyright © 2008 - 2019 Hell Business - O Reduto dos Monstros