Home Ads

quinta-feira, 8 de dezembro de 2022

A Sombra de Nosferatu

Um vilarejo é assombrado pelo Conde Orlok, uma criatura sinistra, monstruosa e gélida que perambula pelas ruas como uma sombra, à espreita, aguardando as suas vítimas. A obsessão de Orlok por uma jovem casada fará o terrível Conde instaurar um verdadeiro império de horror no vilarejo.

Em 2022, completaram-se cem anos do lançamento nos cinemas de um dos filmes mais importantes da história do cinema: Nosferatu, de F.W. Murnau. Obra máxima do Expressionismo Alemão, a película inspirou dezenas de filmes de vampiros realizados nos anos seguintes. Para não pagar os direitos autorais à família de Bram Stoker, Murnau modificou o título do filme e o nome dos personagens. Mesmo assim, um processo movido pelos Stoker determinou a destruição das cópias de Nosferatu. Felizmente, os produtores já haviam enviado cópias para outros países do mundo (inclusive Brasil) e isso garantiu a preservação da obra-prima de Murnau, que a partir de então passou a ter exibições clandestinas.

Ainda hoje uma mística paira sobre o filme. Quem era a pessoa que interpretou o vampiro de maneira tão primorosa, sombria e, ao mesmo tempo, misteriosa? O personagem teria sido mesmo interpretado por Max Schreck, um modesto ator de music-hall? A Sombra do Vampiro (2000), filme feito em homenagem ao clássico de Murnau, criou mais uma lenda em torno do filme ao propor que Nosferatu não fora interpretado por um ator profissional, mas sim por um vampiro de verdade. Há quem diga que Nosferatu foi interpretado pelo próprio Murnau. O lendário diretor era, de fato, uma pessoa singular, estranha, isolada do mundo, solitária... Nosferatu?

 A cena da sombra do vampiro ao subir as escadas se tornou um ícone da cultura mundial e se traduz numa síntese do que foi o Expressionismo Alemão: atmosfera sombria, duelo entre luz e sombras. Apague a luz, aperte o play, aumente o som e mergulhe nesta obra fantástica de Murnau que o frio na espinha estará garantido. Recomendo incondicionalmente.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos para o Hell Business, por isso caso tenha algo a acrescentar ao artigo ou apenas quer expressar sua opinião, não deixe de comentar. Você pode comentar de 3 maneiras:
1- Com sua conta no Blogger.
2- Com uma conta no Disqus (Twitter, Google etc).
3- Com sua conta no Facebook.
Para isso basta clicar nos botões acima das respectivas redes sociais.

O Reduto Dos Monstros

Sobre as resenhas: As resenhas publicadas aqui são produzidas exclusivamente para o site Hell Business e, em razão disso, caso você queira publicá-las em alguma mídia na internet, se faz necessário citar a fonte: "www.hellbusiness.com". Grato pela compreensão.




Curta no Facebook

Horror Movie Fans