O Monstro de Duas Faces

Esta fantástica e original versão baseada na grande obra de Robert Louise Stevenson é um dos melhores e com toda certeza o mais bem produzido filme da Lendária produtora inglesa Hammer Film

'O Monstro de Duas Faces' (Assim como a versão da Hammer para O Fantasma da Ópera, um ano depois) vem de uma época em que a produtora, conhecida pela produção de grandes clássicos do Horror, estava ampliando os seus horizontes e se aventurando em outros gêneros, enfatizando o drama, a caracterização, e até mesmo a filosofia. O diretor Terence Fisher transforma o ótimo roteiro de Wolf Mankowitz num filme brilhante. Fisher sempre pareceu mais interessado nas bases emocionais de seus filmes do que na mecânica de suspense: Em suas cenas de horror ele sempre preferiu focar nos demorados movimentos dos atores, complementado por sutis movimentos de câmera, e criou uma dinâmica. 

Filmado em widescreen, O Monstro de Duas Faces  oferece uma situação perfeita para esta abordagem de direção, proporcionando uma ótima visão em que Fisher pode projetar todos os elementos que têm à sua disposição, preenchendo a tela com um espetáculo em cores. Um dos destaques do filme é a dança da encantadora de serpentes. Numa época em que representações explícitas de sexualidade não eram permitidas, Fisher conseguiu dar a essa sequência, carregada de insinuações, uma dose de sensualidade tão poderosa como qualquer outra cena considerada picante vista mais tarde. As danças eróticas , acompanhadas por música exótica (composta por David Heneker e Norman Monty, mais tarde o criador do famoso tema de James Bond), são ao mesmo tempo de mau gosto e requintadas, sofisticadas e sugestivas, culminando em um clímax em que a dançarina faz uma performance jamais vista antes (um truque que Alice Cooper adotaria em seu show performático mais de uma década depois)! Mas quem rouba a cena neste filme é, sem dúvida, Christopher Lee, aqui ele consegue transmitir uma grande variedade de emoções (amor, alegria, luxúria, e mais ), demonstrando o seu grande talento como ator. Esta é uma obra de arte por direito próprio - e não apenas a obra-prima de um gênero. Este filme se classifica como uma das melhores realizações do cinema. Mais um filme raro e exclusivo do Hell Business, com legendas em português-BR e dublagem clássica inserida, em formato digital e qualidade impecável de imagem e som. Clássico do terror que passou no programa Cine Trash exibido em meados dos anos 90 pela TV Bandeirantes (Band).

* O filme apresenta um muito jovem Oliver Reed como um cafetão de boate.

The Two Faces of Dr. Jekyll (1960). Dirigido por Terence Fisher. Roteiro de Wolf Mankowitz, baseado em "O Estranho Caso do Dr. Jekyll e Mr. Hyde" de Robert Louis Stevenson. Elenco: Paul Massie, Dawn Addams, Christopher Lee, David Kossoff, Francis Wolff, Norma Marla, Magda Miller, Oliver Reed.

Screen Shots:






Título Original: The Two Faces of Dr. Jekyll aka House of Fright (1960)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Gostou? #Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos para o Hell Business, por isso caso tenha algo a acrescentar ao artigo ou apenas quer expressar sua opinião, não deixe de comentar.

 
Copyright © 2008 - 2017 Hell Business - O Reduto dos Monstros