Um magnata com sérios problemas mentais atrai jovens mulheres para um antigo castelo e as submete às mais cruéis torturas. Sem condições de reagir a um tratamento psiquiátrico, o homem acaba mergulhando de vez em um universo sombrio e macabro.

A Noite em que Evelyn Saiu do Túmulo (La notte che Evelyn uscì dalla tomba), também conhecido como The Night Evelyn Came Out of the Grave e Evelyn Raise The Dead, é um filme italiano de Horror do subgênero Giallo, originalmente lançado em 1971, dirigido por Emilio Miraglia e estrelado por  Anthony Steffen, Marina Malfatti e Enzo Tarascio.

Muito mistério, erotismo, reviravoltas e um final surpreendente marcam este grande exemplar do Giallo setentista, inegavelmente influenciado pelos grandes clássicos realizados pelo mestre Mario Bava na década de 1960. Fique atento às pistas, mesmo que elas sejam falsas, e tente desvendar o mistérios que conduz a narrativa deste grande clássico do Horror italiano. Recomendo incondicionalmente.





Título Original: La notte che Evelyn uscì dalla tomba aka The Night Evelyn Came Out of the Grave (1971)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Italiano - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen

Após ser condenado injustamente por erro médico, jovem é enviado a uma prisão macabra, administrada por um obscuro cientista que está realizando pesquisas secretas com tipos sanguíneos. Quando o jovem é forçado a usar seus conhecimentos para auxiliar o cientista, descobre o plano macabro que está sendo colocado em prática.

A Noite do Vampiro (Blood of the Vampire), também conhecido como Sangue de Vampiro, é um filme britânico de Horror, originalmente lançado em 1958, dirigido por Henry Cass, escrito por Jimmy Sangster e estrelado por Donald Wolfit, Vincent Ball e Barbara Shelley.

Quando a lendária produtora Hammer lançou seus dois primeiros filmes de Horror, A Maldição de Frankenstein (1957), e O Vampiro da Noite (1958), os produtores Robert S. Baker e Monty Berman aproveitaram o sucesso estrondoso daqueles filmes e se apressaram para explorar o então promissor filão, contratando, inclusive, o roteirista Jimmy Sangster, responsável pelo roteiro de ambos os filmes. O resultado? um filme que se assemelha muito às produções de Horror da Hammer, sendo por vezes tido como uma das realizações do lendário estúdio britânico.

De fato, o filme possui todos os elementos que consagraram os grandes clássicos da Hammer, incluindo aquela contagiante atmosfera sombria. O diferencial está no conteúdo e se refere à maneira como o vampirismo é abordado. Blood of the Vampire foi o primeiro filme de Horror a ser lançado em VHS. O lançamento em vídeo ocorreu em 1978. No Acervo Hell Business, uma versão em formato digital e alta qualidade. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Blood of the Vampire (1958) 
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 

Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen



Em um futuro distópico, marcado pela devastação do meio ambiente e escassez de alimentos básicos, um policial investiga o assassinato de um rico industrial e acaba descobrindo um esquema macabro de corrupção envolvendo as elites econômicas e políticas da cidade.

No ano de 2020 (Soylent Green) é um filme estadunidense de Ficção Científica, originalmente lançado em 1973, dirigido por Richard Fleischer e estrelado por  Charlton Heston, Edward G. Robinson e Leigh Taylor-Young. O roteiro do filme foi inspirado no romance Make Room! Make Room!, publicado em 1966 pelo escritor Harry Harrison.

Soylent Green faz uma previsão nada animadora para o progresso científico e as relações entre as elites e a população do mundo num futuro próximo. O filme crava a catástrofe para o ano de 2022 e a mensagem transmitida é muito clara: num eventual mundo devastado e escasso de alimentos básicos, os maiores penalizados serão as classes médias e baixas. As elites econômicas do mundo, principais responsáveis pela decadência, acabarão conseguindo manter um padrão de vida elevado graças a um esquema secreto de corrupção.

Foi a última aparição do ator Edward G. Robinson, que fez as gravações já bastante debilitado devido a um câncer, e emocionou toda a equipe, especialmente  Charlton Heston, em uma das melhores sequências do filme. O ator viria a falecer dez dias após a conclusão das filmagens. Soylent Green figura entre os maiores clássicos do cinema de ficção científica em todos os  tempos. No Acervo do Hell Business, você encontra o filme na versão Dual Áudio, com dublagem clássica da Herbert Richers. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Soylent Green (1973)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 
Dublado em Português - Dolby Digital 2.0
Inglês - 
Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


A Lista de Filmes foi atualizada, para conferir clique no link abaixo:

 LISTA DE FILMES ATUALIZADA - 05 - 04 - 2017

 CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A LISTA DE FILMES

 OU PELO LINK:

 Lista de Filmes completa com todas informações no "formato" EXCEL que abre com o MICROSOFT OFFICE EXCEL:

 CLIQUE AQUI para realizar o Download da Lista

 DÚVIDAS OU PEDIDOS PELO E-MAIL: thehellbusiness@gmail.com


* TODOS COM LEGENDAS EM PORTUGUÊS E/OU DUBLADOS!
* DISPONÍVEL NA LISTA OS MAIORES CLÁSSICOS DO CINEMA!
* HORROR/ TRASH/ SUSPENSE/ SCI-FI/ EXPLOITATION/ CLÁSSICOS E MUITO MAIS!
* POSSO GARANTIR QUE AQUI ESTÃO OS MAIORES CLÁSSICOS DE TODOS OS TEMPOS E OS FILMES MAIS RAROS E EXCLUSIVOS!!

* Acompanhe as atualizações da lista através do Site:

   http://www.hellbusiness.com

* Curta a página do HELL BUSINESS no Facebook:
   CLIQUE AQUI para conferir a página do HELL BUSINESS no Facebook.

Abraço,
Hell Business.
Homem vê uma fotografia de um castelo em ruínas e passa a se recordar de fatos obscuros de sua infância. A partir de então, ele inicia uma investigação para descobrir onde fica o castelo e, em sua busca, irá viver os seus mais terríveis pesadelos.

Lábios de Sangue (Lips of Blood), também conhecido como Lèvres de sang, é um filme francês de Horror, originalmente lançado em 1975, dirigido por Jean Rollin e estrelado por Jean-Loup Philippe, Annie Belle, Natalie Perrey |

Como de praxe em seus filmes de vampiras, Jean Rollin faz, mais uma vez, o universo gótico penetrar na contemporaneidade para assombrar as noites parisienses. Outra constante nos trabalhos do diretor é o aspecto visual de encher os olhos, responsável pela criação de uma atmosfera sombria e contagiante. Há também uma dose certa de erotismo que reforça e dá mais consistência à mitologia vampiresca presente no filme.

Ao ver as cenas surreais em Lips of Blood, lembrei-me imediatamente de outro clássico do cinema francês, O Discreto Charme da Burguesia (1972), do mestre Luis Buñuel, em que pesadelos macabros permeiam a narrativa do filme. Por coincidência, na cena do metrô em Lips of Blood, é possível ver um cartaz de outro grande clássico de Buñuel, O Fantasma da Liberdade (1974).Como podemos ver, Jean Rollin possui ótimas referências. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Lèvres de sang aka Lips of Blood (1975)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 

Francês -  Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Jovem casal recém casado viaja para um distante vilarejo na França, a fim de desfrutar a lua de mel em um antigo castelo da família. Quando o casal chega ao local, descobre que o castelo guarda terríveis segredos.

A Loucura do Vampiro (Le frisson des vampires) é um filme francês de Horror, originalmente lançado em 1971, dirigido por Jean Rollin e estrelado por Sandra Julien, Jean-Marie Durand e Jacques Robiolles.

Le frisson des vampires é o terceiro longa metragem de vampiros dirigido por Jean Rollin. O filme surpreende pelo seu aspecto visual, com direção de arte e fotografia impecáveis, sobretudo em se tratando de um filme de baixo orçamento. Jean Rollin é um tipo raro de realizador que consegue transformar o quintal da sua casa em um vilarejo medieval. No caso de Le frisson des vampires, estamos na década de 1970, mas em um universo gótico, com uma produção notável. Nem roteiro e diálogos fracos conseguem diminuir a importância artística deste filme, que se supera pela sua plasticidade fílmica e merece ser contemplado como uma obra de arte. Recomendo incondicionalmente.





Título Original: Le frisson des vampires aka The Shiver of the Vampires (1971)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 

Francês -  Dolby Digital 2.0
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Repórter investigativo passa a acompanhar um caso que vem intrigando as autoridades e aterrorizando os moradores de Las Vegas. Enquanto a polícia trabalha com a hipótese de que há um serial killer na cidade, o repórter acredita que se trata de algo bem mais assustador.

Kolchak e os Demônios da Noite (The Night Stalker), também conhecido como Pânico e Morte na Cidade, é um filme estadunidense produzido para a televisão e exibido pela primeira vez em 1972, na TV americana ABC. O filme foi adaptado por Richard Matheson, dirigido por John Llewellyn Moxey e estrelado por Darren McGavin, Carol Lynley e Simon Oakland.

The Night Stalker foi um dos telefilmes de maior sucesso em todos os tempos, e deu origem, a partir de 1974, a uma série televisiva. O roteiro do filme foi inspirado em um romance intitulado The Kolchak Papers, escrito por Jeff Rice e que ainda não havia sido publicado pelo fato do autor não ter conseguido uma editora. O livro acabou sendo publicado após a exibição do filme na TV. Se você gosta de filmes de mistério e narrativas permeadas por um bom suspense, não pode perder esta preciosidade do cinema fantástico. Recomendo incondicionalmente.




Título Original: The Night Stalker (1972) 
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas

Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:

Dublado em Português - Estéreo

Inglês -  Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Fullscreen



Após devastar a Terra, alienígena persegue a única família que sobreviveu ao seu império de destruição. Mas, tudo começa a mudar quando o terrível alien se apaixona por uma das sobreviventes.

Robot Monster (Robot Monster)
também conhecido como O Robô Alienígena, é um filme estadunidense de ficção científica, originalmente lançado em 1953, dirigido por Phil Tucker e estrelado por George Nader, Gregory Moffett e Claudia Barrett.

Boa parte das cenas de Robot Monster são colagens de clássicos da ficção científica da década de 1950. O filme entrou em diversas listas dos piores filmes de todos os tempos, mas acabou se tornando objeto de culto pelos fãs de Sci-Fi. A máxima que diz que um filme é "tão ruim que é bom" se aplica perfeitamente a Robot Monster, pois ao assisti-lo, você vai no mínimo se divertir. Apesar de ser um filme de baixo orçamento, foi produzido e exibido com a tecnologia 3D, que estava dando seus primeiros passos na década de 1950. Recomendo incondicionalmente.






Título Original: Robot Monster (1953)
Cor:
P & B
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Fullscreen



Uma mulher contata o irmão e um etnólogo para uma expedição nos confins de uma ilha isolada no pacífico, a fim de encontrar o marido que desapareceu no local. No caminho, o grupo experimenta as mais terríveis e cruéis situações, e acabam descobrindo da pior maneira que há uma tribo canibal na região.

A Montanha dos Canibais (La montagna del dio cannibale), também conhecido como The Mountain of the Cannibal God, é um filme italiano de Horror originalmente lançado em 1978, dirigido por Sergio Martino e estrelado por Ursula Andress, Stacy Keach e Claudio Cassinelli.

La montagna del dio cannibale é um clássico do Cinema de Exploração e um dos primeiros a serem influenciados pelo chamado mondo film, documentários e falsos documentários que exploram cenas de violência, sexo e crueldade. Dois anos após o lançamento de La montagna del dio cannibale, o polêmico Cannibal Holocaust (1980) chocaria o mundo com uma premissa bastante parecida com a da obra de Sergio Martino. Após estes pioneiros, este tipo de cinema de exploração se tornaria uma tendência na Europa entre o final dos anos 1970 e inicio dos anos 1980. Recomendo incondicionalmente.




Título Original: La montagna del dio cannibale aka The Mountain of the Cannibal God (1978)  
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 
Dublado em Português - Dolby Digital 2.0
Inglês - 
Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen


Em meio aos duros conflitos entre autoridades religiosas pelo domínio geopolítico em uma França Seiscentista marcada pela supremacia da Igreja Católica, um padre é acusado de bruxaria e passa a ser violentamente perseguido por um cardeal sedento por poder.

Os Demônios (The Devils) é um filme britânico de Horror, originalmente lançado em 1971, dirigido por Ken Russell e estrelado por Vanessa Redgrave , Oliver Reed e Dudley Sutton.

A profanação do sagrado em um frenesi orgástico marcam este polêmico clássico cult de Ken Russell. Devido ao seu conteúdo subversivo, o filme recebeu duras críticas de setores conservadores  da sociedade, chegando ao absurdo de na Itália os atores Oliver Reed e Vanessa Redgrave serem proibidos de visitar o país.
 

Esteticamente, o filme carrega a marca registrada de Russell, que não se contenta em repetir códigos narrativos e estéticos consagrados do cinema de Horror. Ao invés disto, prefere investir em estratégias mais inventivas para compor a sua plasticidade fílmica. Com composições de planos bastante inspirados e uma bela fotografia, o corpo imagético impressiona e dá ao filme aparência de uma produção muito mais cara. O filme faz parte da lista 1001 filmes que você precisa ver antes de morrer, elaborada pelo crítico Steven Schneider. Mais uma verdadeira obra de arte de Ken Russell. Recomendo incondicionalmente.

Título Original: The Devils (1971)  
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 

Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Fullscreen


Arqueólogo encontra um estranho crânio nas ruínas de um antigo convento em uma pequena cidade rural no interior da Inglaterra. O arqueólogo começa, então, a se interessar pelo folclore da cidade e descobre que o povoado crê em antigos cultos pagãos. Quando o cientista descobre que seu achado pode estar ligado a um deus serpente adorado em diferentes civilizações do passado, começa a suspeitar que, ao escavar aquele território, pode ter libertado um antigo demônio.

A Maldição da Serpente (The Lair of the White Worm) é um filme britânico de Horror, originalmente lançado em 1988, dirigido por Ken Russell e estrelado por Amanda Donohoe , Hugh Grant e Catherine Oxenberg.

Permeado por imagens surreais, erotismo e metalinguagem, A Maldição da Serpente é mais uma daquelas preciosidades do Horror Gótico que se passam em um ambiente rural, no qual antigas lendas ainda fazem parte da vida das pessoas. A narrativa comporta uma miscelânea de códigos consagrados no cinema de Horror como o vampirismo e tradições pagãs. O roteiro é vagamente  baseado em um romance homônimo de Bram Stoker e também em uma antiga lenda inglesa.

Os efeitos visuais foram produzidos de maneira artesanal e impressionam. Destaque para o virtuoso efeito utilizado para representar o universo surreal presente no filme, e também na construção da serpente, na qual a dianteira de um fusca, devidamente trabalhada, foi utilizada para representar a cabeça do réptil. O filme marca a estreia da atriz Gina McKee no cinema. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: The Lair of the White Worm (1988)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 

Inglês - Dolby Digital 2.0
Formatos de Tela: Widescreen



Um jornalista descobre a interferência de uma poderosa força alienígena sobre a Terra, e decide investigar o caso. Quando sua namorada retorna de viagem, ele descobre que os aliens estão substituindo os humanos por um exercito de robôs alienígenas. Agora ele terá que enfrentar os invasores para salvar a humanidade.

O Aniquilador (Annihilator) é um filme de Horror e Ficção Científica, originalmente lançado em 1986, dirigido por Michael Chapman e estrelado por Mark Lindsay Chapman, Susan Blakely e Lisa Blount.

Michael Chapman é um grande Diretor de Fotografia, tendo trabalhado em filmes como Invasores de Corpos (1978), Taxi Driver (1976) e Touro Indomável (1980). Como operador de câmera atuou nos clássicos O Poderoso Chefão (1972) e Tubarão (1975). Chapman também tem uma carreira de ator e fez aparições em dezenas de filmes, sobretudo àqueles nos quais trabalhou como Diretor de Fotografia. Já como Diretor, ele se aventurou apenas cinco vezes.

O Aniquilador foi uma produção realizada para a TV, e teve como objetivo óbvio explorar o estrondoso sucesso do filme O Exterminador do Futuro (1984). Mas, por ironia do destino, a quem diga que Annihilator conseguiu superar o seu antecessor. Trata-se de uma preciosidade dos anos 1980 a reunir Ficção Científica, Horror e ação; elementos que contagiavam o público da época e que hoje causam um certo saudosismo. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Annihilator (1986)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Idiomas / Sistema de Som:

Dublado em Português - Estéreo
Formatos de Tela: Fullscreen


 
 
Copyright © 2008 - 2017 Hell Business - O Reduto dos Monstros