quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Alligator - O Jacaré Gigante

Durante férias com a família na Flórida, uma garota compra um filhote de jacaré norte-americano. A família retorna para casa em Chicago e, assim que a garota se ausenta, o pai joga o pequeno réptil na privada. No esgoto, o jacaré passa a se alimentar de restos de animais de laboratório utilizados em experimentos obscuros com hormônio de crescimento.  Uma vez em contato com a substância, o jacaré cresce de maneira assustadora e se torna um monstro sedento por sangue.

Alligator – O Jacaré Gigante é um filme estadunidense de horror, originalmente lançado em 1980, dirigido por Lewis Teague e estrelado por Robert Forster, Robin Riker e Michael V. Gazzo.

A premissa do filme é inspirada em uma famosa lenda urbana sobre jacarés gigantes a perambular pelos esgotos de cidades dos Estados Unidos. O filme é mais um dentre tantos a explorar o sucesso de Tubarão (1975), de Steven Spielberg. Alligator marca a última aparição da atriz Sue Lyon no cinema.  O filme teve uma recepção muito boa pela crítica e, no Brasil, se tornou um grande clássico devido às diversas vezes que foi exibido na tevê aberta, sobretudo nas memoráveis Sessão das Dez e Cinema em Casa, ambas as sessões exibidas pelo SBT. Nada como relembrar os bons tempos da tevê aberta com esta preciosidade do cinema. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Alligator (1980)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
Dublado em Português - Estéreo
Inglês - Estéreo
Formatos de Tela: Fullscreen

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos para o Hell Business, por isso caso tenha algo a acrescentar ao artigo ou apenas quer expressar sua opinião, não deixe de comentar. Você pode comentar de 3 maneiras:
1- Com sua conta no Blogger.
2- Com uma conta no Disqus (Twitter, Google etc).
3- Com sua conta no Facebook.
Para isso basta clicar nos botões acima das respectivas redes sociais.

O Reduto Dos Monstros

Importante: Os filmes disponíveis em minha lista não possuem lançamento no Brasil, estão fora de catálogo, ou são filmes que caíram em domínio público ou tiveram o direito autoral expirado. Desta maneira o processo se torna legal e sem a alcunha de pirataria. É um processo similar ao que ocorre com livros, músicas e outras obras autorais. A depender da lei de cada país, após um determinado período de tempo (décadas), o copyright do filme expira e ele pode ser compartilhado e exibido em público sem o pagamento de direitos autorais.




Curta no Facebook

Horror Movie Fans