HOME » , » O Comboio do Medo

O Comboio do Medo

Quatro homens oriundos de diferentes partes do mundo, por motivos diversos, se encontram em uma região hostil da América Latina para enfrentarem o maior desafio de suas vidas. Por dinheiro, os quatro rapazes aceitam a proposta de uma multinacional do petróleo de transportar, em um velho caminhão, por caminhos tortuosos da selva Sul-Americana, uma carga de nitroglicerina.

O Comboio do Medo (Sorcerer) é um filme estadunidense de aventura e suspense, originalmente lançado em 1977, dirigido por William Friedkin e estrelado por Roy Scheider, Bruno Cremer e Francisco Rabal. Comboio do Medo é um dos raros casos em que o remake consegue ser tão bom quanto o filme original. Remake do clássico O Salário do Medo (1953), dirigido pelo mestre Henri-Georges Clouzot, o filme é muito provavelmente a obra prima de  William Friedkin, que já tinha em seu currículo os clássicos Operação França (1971) e O Exorcista (1973).

Com um prólogo incrível, detalhista e perfeccionista de uma hora de duração, no qual as personagens que irão se encontrar na selva nos são apresentadas, Friedkin demonstra todo
o seu talento como diretor em cenas sofisticadas e modernas, se afastando das fórmulas redundantes de desgastadas da Antiga Hollywood. As cenas da travessia do caminhão pela selva são uma verdadeira aula de como fazer cinema de qualidade e nelas,  Friedkin não deixa dúvidas sobre o domínio que tem sobre a Linguagem Cinematográfica. O filme foi uma das últimas produções associadas à Nova Hollywood, período que vai de 1968 até meados dos anos 1980, no qual foi possível fazer cinema progressista em Hollywood, com enredos mais densos e linguagem sofisticada. Este movimento sucumbiu com o advento do chamado Blockbuster High Concept, um novo conceito de cinema comercial iniciado por Guerra nas Estrelas (1977) e Tubarão (1977), e que iria inviabilizar a produção de filmes de autor em Hollywood.

O título hermético Sorcerer, Mago na tradução literal, faz provavelmente alusão à missão das personagens, que terão de transformar uma situação adversa (transportar nitroglicerina em um velho caminhão por um território hostil) em algo bom (a boa grana que receberão se cumprirem o desafio), como se, tal qual as lendas em torno dos magos, tivessem que transformar chumbo em ouro. O final do filme, longe do tradicional Happy End Hollywoodiano, é escatológico, uma marca do grande William Friedkin. Comboio do Medo é sem dúvida uma das grandes obras primas da Nova Hollywood. Recomendo incondicionalmente.


Título Original: Sorcerer (1977)
Cor: Colorido
Região do DVD: Todas
Legenda: Português
Idiomas / Sistema de Som:
 

Inglês - Dolby Digital 5.1
Formatos de Tela: Widescreen



Gostou? #Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos para o Hell Business, por isso caso tenha algo a acrescentar ao artigo ou apenas quer expressar sua opinião, não deixe de comentar.

 
Copyright © 2008 - 2018 Hell Business - O Reduto dos Monstros